quarta-feira, 16 de março de 2016

É Seguro Assaltar em Campina Grande (?)


É seguro assaltar estudantes em Campina Grande
Nos lugares de sempre: Colégios, escolas, universidades, faculdades, praças, paradas de ônibus, nas esquinas, em toda cidade.
Assaltam de bicicletas, de moto, dão gargalhadas,
Não tem policia, nem reação da população – passiva população,  desarmada multidão
Cordata, cordeiros pacíficos.
É seguro assaltar estudantes, adolescentes, meninas...
Covardes assaltantes de meninas desarmadas, indefesas.
É seguro assaltar em Campina Grande. A impunidade é explicita.
Fala-se que existe uma rede de comércio de celulares, moeda de troca, consumo de uísque, cachaça, crack, cocaína, maconha
É seguro assaltar em Campina Grande
Pais que enviam filhos, filhas do interior para estudar nas faculdades da cidade estão desistindo.
Não compensa o risco do trauma, o medo, risco de vida.
É seguro assaltar em Campina Grande
O bandido pérfil classe C,  média baixa, não passa fome, diverte-se com a impunidade, adrenalina, irresponsabilidade
Zombam do Estado, da polícia, da família, das meninas indefesas, do status quo, da elegante classe alta, média. Indefesos, omissos, medrosos, passivos.
É seguro ser assaltante em Campina Grande. Terra de ninguém. Ninguém se importa até que... Um de suas jovens e inteligentes filhas corra, reagindo ao assalto, caia no chão rasgando a roupa, as mão, a cara, a dignidade de ser gente...  morra por causa de um celular, ou livros raros, caros.
É seguro que Campina Grande pode (tem potencial) reagir reprimir o que tem de reprimir, reformar o que tem de reformar, patrulhar, educar, amar.
É seguro que Campina Grande é muito maior e pode vencer esta epidemia de assaltos, vitimando sua boa gente.

Acredito nesta segurança no imediato. Podemos, pois somos a esmagadora maioria.

Pedro Sertão Silva
prpedroibis@gmail.com