quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

A Exclusividade de Cristo para Salvação é Inegociável

A exclusividade de Cristo como único caminho não é uma intransigência, nem, tão pouco, uma injustiça; não é fruto de um mito criado por um bocado de judeus iletrados oriundos de uma região atrasada do Israel dominado e oprimido pelos romanos e, ainda pior, manipulados, explorados, abusados e enganados pelos religiosos, detentores do poder eclesiástico da época.
Muitos confundem o Salvador, o Cristo com as religiões, a maioria delas usurpadoras de seu nome, do seu poder e de suas promessas.
Para compreender a Obra da Cruz faz-se necessário separar a pessoa de Jesus das instituições religiosas, principalmente as mais evidentes e poderosas.
A exclusividade da salvação na PESSOA DE CRISTO deve-se pela singularidade de sua ação soteriológica. Ele cumpriu o necessário para o resgate da humanidade. Como homem - o Verbo encarnou, habitou entre nós, com natureza 100% humana submeteu-se a todo processo de punição necessário para que um homem sem pecado pagasse pelo pecado de pessoas pecadoras. Ele é Deus, ele é Homem, Só ele se submeteu ao sacrifício, só ele ressuscitou para nunca mais morrer.
Na pessoas de Jesus há salvação.
Você pode provoca-lo, chamá-lo, desafiá-lo. Ele reponderá, Ele está vivo, Ele tem um propósito salvívico para a vida d
e milhões, você pode ser um deles.
Disse Jesus: "Eu sou o Caminho a Verdade e a Vida, ninguém vem ao Pai (a Deus) a não ser por mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário