sábado, 1 de outubro de 2016

Eleições: Pastores Corruptos Vendem o Rebanho

Extra! Extra! Pastores corruptos vendem o rebanho
  
    Igreja leiloa púlpito.
   Fato ou ficção?
   Quanto vale o voto de sua igreja, pastor?
   Esquerda! Direita!...
   Quanto vale a honra sua e de sua igreja?
   Esquerda! Direita!...
  
   Qual a capa de um político honesto?
   Ordem! ORDEM!!
   O que a igreja evangélica pode fazer para contribuir com a ética      cristã no Brasil?
   Pregar a Salvação. ORDEM! ORDEM! ORDEM!
   Salve-nos, oh, Deus, de nós mesmos, de nossa mediocridade...
  
   Extra, Extra!
   Púlpitos Leiloados em nome de Deus!!
   Extra, Extra!!
   Pastor Evangélico fecha acordo com candidato... em troca da “santa” oferta de 10 mil reais.
  
 Mensalão x Petrolão x Lava-jato pastores evangélicos recebendo propina do superfaturamento, consequência: péssimo atendimento, mortalidade nos corredores dos hospitais por falta de leitos, remédios e médicos...
    Mas ele diz: sou contra o aborto legalizado (e deve ser e dizer).
  
   Patética ética! Tá dominado!
  
Ordem!! Porque em um dos países com maior crescimento de evangélicos no mundo, a violência, a corrupção e a miséria também crescem vertiginosamente? Tem um dos maiores índices de prostituição e fome, de trabalho infantil... No Brasil, é moda ser crente! É chique ser crente! Um barato ser crente!  
 É alienante ser crente?

Testemunho escandalizante I:  
Candidato em Campanha. O candidato a deputado chega junto ao pastor de uma Igreja com 550 membros, também líder regional de uma denominação de grande expressão. Ao término do culto, o pastor aproxima-se dele. Convida-o ao seu gabinete. O ilustre candidato, sem mais delongas, vai direto ao assunto:  
   - Pastor eu sei que o senhor está querendo fazer algumas reformas em sua igreja e, sabendo de sua seriedade, estou aqui para lhe ajudar no que for preciso. Pode ser que o senhor alegue que o fato de estarmos muito próximos das eleições pode pegar mal, mas, adianto para o amigo, não tem nada a ver uma coisa com a outra, eu quero que o senhor lembre do meu nome para deputado, como o candidato de Deus para a sua igreja. Eu não compro votos. Quero ajudar a igreja. Não sou evangélico, mas gosto muito dos crentes.  
   O pastor constrangido responde:
   - Claro, doutor! O amigo é sério, eu sei. Só que tem um probleminha, eu já me comprometi com outro candidato. Ele esteve aqui antes de você e, para ajudar na compra das janelas da igreja, me deu, ou melhor, doou para a igreja, sete mil reais! Infelizmente, não posso acompanhá-lo neste ano...  
   Mas o perseverante candidato insiste:
   - Meu pastor, eu não posso perder tão honroso apoio. Olhe eu vou lhe ofertar para as janelas da igreja quarenta mil reais. Devolva os quinze mil reais e fique com o resto.  
   O pastor eufórico e surpreso respondeu:
   - Eu sabia que não era de Deus o meu apoio para aquele candidato. Graças a Deus que me enviou o amigo. Isso é resposta de oração. Com certeza, eu lhe apoiarei e indicarei para toda igreja votar com você. Doutor, o senhor é o candidato de Deus, com certeza. Deus escreve certo por linhas tortas...
  
   - O resto da historia todos nós já sabemos: Olha a Manchete proibida:
  
   “Deputado picareta compra votos de igrejas evangélicas e é eleito com larga margem de votos.”
  
Testemunho escandalizante II
O pastor oportunista. Um dos presbíteros em reunião pergunta ao pastor qual o candidato ele vai apoiar nas próximas eleições. O pastor, pensativo, responde: “calma, calma, eu estou aguardando para saber quem tem mais chance de ganhar... Claro que não vamos apoiar perdedores. Afinal de contas, toda a autoridade é constituída por Deus. Deixemos para  a última hora. Precisamos de quem está no poder. Na última semana anunciamos quem é o candidato de Deus para a a igreja e faremos a aliança.”
  
   EXTRA! EXTRA! EXTRA!
Uma parte da liderança eclesial evangélica brasileira repete a sociedade corrompida nacional: não ver nada de mais em se desviar verbas da educação – Entenda-se taxa de analfabetismo altíssima; subornar guardas de trânsito, dar propina ao funcionário público...
Oremos contra isso. E pela consolidação do Reino nas Igrejas Evangélicas.
Mas, ainda não é o fim.

Pedro Sertão Silva
prpedroibis@gmail.com

7 comentários:

  1. No Rio de Janeiro existem vários tipos de igrejas, bares, hoteis, motel, gafieira, avenida do samba... boca de fumo, traficantes e pastores...tudo criado pelo e para o homem !

    Eis a questão ...principalmente a Igreja
    Silvio, ex cristão

    ResponderExcluir
  2. Olá Amigos|

    Deixemos que o joio cresça com o trigo porque ao seu tempo será ceifado.
    Atentemos para o Salmo 73. Abraços.
    Lilian Miranda

    ResponderExcluir
  3. Valéria, morrem atualmente no Brasil uma mulher a cada dois dias em Clínicas de Aborto clandestinas, as mesmas clínicas clandestinas que são contra a legalizão do aborto e espalharam na net de falsos boatos, e bancaram a campanha de certo candidato...sou a favor do plebiscito ! e radicalmente contra a corrupção dos "paxtores"
    Eis a Questão...

    ResponderExcluir
  4. Olha! O que você está dizendo é muito sério. Temo que a igreja brasileira já esteja em um caminho sem volta. Os vendedores de milagres são tanto quanto os vendedores de votos. Ora, se imoral vender o voto que não é seu, obviamente é imoral vender o milagre que é feito por Jesus! Pergunto: Onde vai ser o acerto de contas?

    ResponderExcluir